Conecte-se conosco

Destaque

Menino de 10 anos atropelado por motociclista sem CNH recebe alta após ficar um mês internado

Publicado

em

O menino de 10 anos que foi atropelado por um motociclista em Lucélia (SP) recebeu alta neste domingo (26) do Hospital das Clínicas (HC) de Marília (SP). O acidente foi no dia 26 de agosto e o condutor do veículo não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
A criança estava internada no Departamento de Atenção à Saúde Materno Infantil (Dasmi) do HC desde o dia 27 de agosto, quando foi transferida da Santa Casa de Lucélia para o hospital em Marília.
Durante o período de internação, o menino chegou a receber atendimento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica.
O atropelamento
O menino de 10 anos foi atropelado no fim da tarde do dia 26 de agosto, em Lucélia. De acordo com a Polícia Militar, o acidente foi na Vila Cayres.
Quando a equipe da PM chegou ao local, a criança já tinha sido resgatada e levada para a Santa Casa de Misericórdia da cidade com ferimentos graves na região da cabeça.
Na ocasião, a unidade de saúde informou à TV Fronteira que o menino chegou em estado grave. Ele foi intubado, recebeu ventilação mecânica e foi transferido para o Hospital das Clínicas (HC) de Marília.
Investigações
O delegado responsável pelo caso, Yuri Munhoz Silveira, disse no dia 27 de agosto que, em diligências, foi localizada a casa do suspeito e a motocicleta envolvida no acidente.
Os pais do condutor informaram que o filho se assustou com o acidente e, com medo de ser linchado, fugiu do local. Ainda conforme o delegado, ele não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
Silveira salientou que o suspeito já foi identificado e responderá por lesão corporal culposa na direção de veículo automotor, por fuga de local de acidente e por não possuir habilitação.
Fonte: G1
Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.