Conecte-se conosco

Cidades

Câmara de OC custa R$ 64,15 por munícipe, aponta TCE

Publicado

em

Um levantamento feito pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), e publicado pelo Jornal Impacto, de Adamantina, aponta que a Câmara de Osvaldo Cruz tem o segundo gasto per capita mais baixo da microrregião (que envolve 14 municípios).

Com um gasto per capita de R$ 64,15, Osvaldo Cruz fica atrás somente de Adamantina, que, de acordo com o levantamento do TCE, custa R$ 51,07.

QUANTO MENOR O MUNICÍPIO, MAIOR O CUSTO

Os menores municípios da microrregião possuem os custos per capita mais elevados dos Legislativos. Flora Rica, com 1.464 munícipes, possui a terceira Câmara Municipal do estado de São Paulo com maior custo por habitante: R$ 583,41.

O valor que cada popular pagou para manter as câmaras de Flora Rica, Inúbia Paulista, Mariápolis, Pracinha e Sagres é de R$ 280,18 – montante 335% superior à média do custo per capita dos seis municípios com mais de 10 mil habitantes.

Segundo o Tribunal de Contas muitas dessas cidades não têm receita própria e são dependentes do repasse de recursos do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) e outras verbas da União e do Estado. Ainda, a Corte de Contas constatou que quanto menor a cidade maior é o custo quando o cálculo é com base no número da despesa pela quantidade de habitantes.

GASTO PER CAPITA DAS CÂMARAS DA MICRORREGIÃO EM 2019

Adamantina – R$ 51,07

Osvaldo Cruz – R$ 64,15

Flórida Paulista – R$ 76,86

Lucélia – R$ 86,38

Rinópolis – R$ 92,69

Pacaembu – R$ 93,08

Irapuru – R$ 113,38

Salmourão – R$ 127,74

Parapuã – R$ 130,22

Pracinha – R$ 160,86

Mariápolis – R$ 175,11

Inúbia Paulista – R$ 208,80

Sagres – R$ 272,92

Flora Rica – R$ 583,41

Com informações: Impacto Notícias

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.