Conecte-se conosco

Destaque

Tupãense é preso após confronto com polícia paraguaia

Publicado

em

Policiais e traficantes entraram em confronto no final da tarde deste domingo (12), na fronteira do Paraguai com Mato Grosso do Sul. Um policial foi atingido.

A troca de tiros ocorreu na área rural de Corpus Christi, a cerca de 20 km de Sete Quedas, cidade sul-mato-grossense localizada a 471 km de Campo Grande.
A polícia paraguaia não informou a quantidade de droga apreendida.
Os traficantes estavam em uma caminhonete S10 branca e numa van da marca Kia. Eles seguiam por estrada vicinal, na Cegião conhecida como “4 Bocas”, quando foram interceptados pela equipe da Polícia Nacional.
Quatro homens foram presos, entre eles, o ferido pelos tiros, que foi levado para o centro de saúde de Corpus Christi. Ele não carregava documento, assim como o que foi morto.
Os outros três homens presos foram identificados como os brasileiros Maurivan Giglio de Lima e Roberto da Silva Fernandes e paraguaio Oseas Cipriano de Sousa Alvez
Uma pistola e um revólver foram apreendidos com o grupo. Na inspeção da caminhonete foram encontradas diversas sacolas contendo maconha, totalizando 118 quilos da droga.
Fonte: Mais Tupã
Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.