Conecte-se conosco

Polícia

Polícia prende 2º suspeito por tentativa de latrocínio em Rosana

Publicado

em

A Polícia Civil de Teodoro Sampaio cumpriu, na manhã desta segunda-feira, um mandado de prisão temporária na cidade de Rosana. O procedimento foi resultado da investigação de um crime de latrocínio tentado ocorrido na noite do dia 17 de março, quando um vigilante patrimonial, que desenvolvia suas atividades laborais junto à Destilaria Alcídia, acabou sendo surpreendido por um disparo de arma de fogo que o atingiu gravemente.

Ao menos dois criminosos surgiram de uma vegetação lateral de uma estrada rural e subtraíram um revólver de propriedade da empresa que a vítima portava.

O vigilante patrimonial foi encontrado e socorrido por outros funcionários e, diante da gravidade de seu quadro clínico, removido para a cidade de Presidente Prudente, permanecendo internado junto à UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do HR (Hospital Regional) Doutor Domingos Leonardo Cerávolo, por onde passou por diversos procedimentos cirúrgicos.

Com o desenrolar das investigações, no dia 2 de abril, durante o cumprimento de mandado de busca domiciliar na residência de um suspeito, morador da zona rural de Teodoro Sampaio, houve o encontro de um revólver, calibre 38, com numeração suprimida e um capuz, os quais podem ter sido usados na prática criminosa. Naquela oportunidade, esse indivíduo acabou sendo preso em flagrante delito.

Novos elementos foram angariados no curso das investigações que apontaram para o envolvimento de um segundo envolvido, morador da cidade de Rosana, e, atendendo representação do delegado de Polícia que preside o inquérito policial, Edmar Rogério Dias Caparroz, a Justiça decretou mandado de prisão temporária em seu desfavor, tendo sido cumprido hoje.

O IMPARCIAL

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.