Conecte-se conosco

Cidades

Construções de praças de pedágio na SP-294 são iniciadas

Publicado

em

Foram iniciadas as construções das praças de pedágio que irão operar na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294) a partir do ano que vem, no trecho sob concessão da Eixo-SP. Duas obras já podem ser identificadas às margens da rodovia, nas alturas dos quilômetros 551 (entre Iacri e Parapuã) e 581 (entre Inúbia Paulista e Lucélia).
Em todo o trecho da SP-294, entre Marília e Panorama, serão sete praças de pedágio. Na Alta Paulista, outras duas serão instaladas ao longo da extensão entre Pacaembu e Tupi Paulista.

Os dispositivos de cobrança também serão instalados na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), entre Parapuã e Martinópolis, com previsão de duas praças de pedágio, e mais uma na Rodovia Prefeito Homero Severo Lins (SP-284), em Rancharia.

Segundo o edital de concorrência pública internacional vencido pela Eixo-SP, o início de operação das praças de pedágio será um ano após a assinatura do contrato, o que se deu em 15 de maio deste ano (reveja). O início de operação da concessão foi em 4 de junho (reveja). Assim, segundo prevê o edital, até o final do primeiro semestre do ano que vem as praças de pedágio deverão estar em funcionamento.

Tarifas irão variar de R$ 4,63 a R$ 8,87

Os valores no trecho entre Bauru e Panorama variam de R$ 8,87 a R$ 4,63. A informação foi dada pela Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) ao portal Marília Notícia. Veja os valores previstos para tarifa cheia:

SP-294 | km 367 | Bauru: R$ 8,87
SP-294 | km 426 | Marília: R$ 8,00
SP-294 | km 477 | Pompéia: R$ 8,13
SP-294 | km 551 | Iacri: R$ 7,79
SP-294 | km 581 | Lucélia R$ 5,43
SP-294 | km 623 | Junqueirópolis: R$ 6,04
SP-294 | km 668 | Trecho Dracena – Panorama: R$ 4,63

Segundo informou a Artesp ao Marília Notícia, as tarifas cheias poderão sofrer descontos progressivos, de acordo com o número de passagens pelas cabines automáticas de pedágio durante o mês, no mesmo sentido. No ponto mais caro, em Bauru, a tarifa cheia é de R$ 8,87. Para quem usar do pagamento automático pelo sistema Desconto para Usuário Frequente (DUF), no trigésimo dia do mês, por exemplo, a tarifa será de R$ 3,79. O valor diminui a cada dia, dentro do mês.
A Artesp explica que essa modalidade de desconto visa atender, principalmente, os munícipes da região que usam as rodovias diariamente. Além do desconto pelo DUF, está previsto desconto de 5% no valor nominal da tarifa para os pagamentos realizados nas cabines automáticas, com tag.

Obras iniciais de manutenção

Ainda de acordo com o edital e cumprindo o contrato de concessão, a Eixo-SP iniciou as obras previstas no Programa Intensivo Inicial (PII), cujas intervenções devem durar um ano, contado partir do início da operação da concessionária. Segundo a Artesp, o PII estabelece uma série de obras para melhorar as condições de segurança e conforto dos usuários e prevê uma série de intervenções imediatas como tapa-buraco, correção de ondulações e trincas, recuperação das sinalizações horizontal e vertical, reforço na sinalização onde for necessário, melhorias, desobstruções e ampliações dos sistemas de drenagem e, ainda, serviços na faixa de domínio como poda de mato e remoção de obstáculos”, informa.
Nesta semana, frentes de trabalho da concessionária foram vistas realizando obras de melhorias na SP-294, no trecho entre Iacri/Parapuã a Lucélia.
Além dessas intervenções iniciais, a Artesp destaca que estão previstas diversas obras de ampliação que serão viabilizadas com a receita dos pedágios em toda a malha concedida, que compreende 1.273 quilômetros de rodovias.
Em especial, na SP-294, estão previstas obras de duplicação da SP-294 entre Marília e Panorama, vias marginais em Dracena e Marilia e o novo desvio em Pompéia, que irá tirar o trânsito rodoviário da a cidade.

 

 

Fonte: Siga Mais

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.