Conecte-se conosco

Destaque

Vereadores rejeitam por 5 a 4 o Referendo do prefeito com nomes de reitor e vice da UNIFAI

Publicado

em

Após muita expectativa, indefinição, articulações de bastidores, da UNIFAI, do Poder Executivo e do Poder Legislativo, assim como depois dos discursos de justificativas, a maioria dos vereadores da Câmara Municipal rejeitou o Referendo solicitado no Ofício nº 292/2021/GAB, assinado pelo prefeito Márcio Cardim (DEM), para indicação aos cargos de reitor e vice-reitor da UNIFAI com os nomes do Prof. Dr. Vagner Amado Belo de Oliveira e do Prof. Dr. Albanir Gabriel Borrasca, respectivamente.

A propositura esteve em pauta na Ordem do Dia da sessão ordinária realizada na nesta noite (segunda-feira, 21 de junho).

O resultado da votação ficou em 5 a 4 por não referendar.

Posicionaram-se contrários os vereadores, Rafael Pacheco (PODE), Antônio Leôncio ‘Bigode’ (PODE), Aguinaldo Galvão (DEM), Alcio Ikeda Júnior (PODE) e o presidente, Paulo Cervelheira (PV), com o ‘voto de minerva’, após empatar por 4 a 4.

Já os vereadores favoráveis foram, Hélio José dos Santos (PL), Ricardo Cangirão ‘Riquinha’ (DEM), Cid Santos (DEM) e Noriko Saito (PV).

Com a definição no plenário, a Presidência do Legislativo enviará agora ofício ao Executivo o resultado, para que o prefeito tome as providências que entender necessárias com relação à Reitoria da Autarquia, ou seja, se indicará outros nomes ou buscará diferentes instâncias para manter os seus escolhidos.

Durante a realização da mesma sessão, um grupo de alunos da UNIFAI esteve defronte da Câmara Municipal e Prefeitura de Adamantina fazendo manifesto com cartazes e apitos.

 

 

 

 

Fonte: Adamantina.Net

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.