Conecte-se conosco

Destaque

Vereador Magal pede mudança de local do futuro pedágio da SP-425

Publicado

em

O vereador Sidnei Folini Monteiro, o Magal (PV), reforçará no próximo sábado, 06/11, ao deputado estadual Reinaldo de Souza Alguz (PV), pedido de intervenção para mudança local previsto originalmente, para a implantação da futura praça de pedágio na rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), em Rinópolis.

Magal informou que vai à cidade de Vera Cruz, região de Marília, onde Alguz cumpre agenda, para reiterar pedido que já fez ao deputado (que é da base do governo Dória), por meio de ofício.

“Eu enviei ofícios ao deputado estadual Reinaldo Alguz e ao deputado federal Vinícius Poit (Novo) no sentido de mudar o local da instalação da praça de pedágio, do quilômetro 367 para o 350 ou o 349. Com isso, evitaremos que os veículos possam adentrar o perímetro urbano da cidade como via alternativa para fugir do pedágio. Enviei também o ofício a Artesp, no mesmo sentido de haver a possibilidade da mudança. E neste sábado vou reforçar o pedido, pessoalmente ao deputado Reinaldo Alguz”, comunicou Magal, por mensagem de WhatsApp, ao Cidade Real.

SEM NOTIFICAÇÃO!

O vereador reforçou que seria bravata da sua parte falar em lutar para impedir a implantação, mas é possível reduzir, para a cidade, os problemas com o pedágio.

“Quando o governo estabelece os locais é porque já está definido. Ainda se faz audiências públicas para debater uma mudança ou outra, e no caso da proposta que encaminhei aos deputados Alguz, Poit e a Artesp, tem a preocupação de que não haja qualquer chance de termos as ruas da nossa cidade, invadidas por caminhões e veículos em geral, entrando em Rinópolis para desviar do pedágio”, completou o vereador.

Magal também lamentou que os representantes políticos de Rinópolis não tenham tido a oportunidade de participar da audiência pública realizada pela Agência reguladora de Transportes do Estado (Artesp) na cidade de Penápolis, no último dia 26/10, uma terça-feira.

A assessoria da Câmara de Rinópolis confirmou tanto ao vereador, quanto ao Cidade Real, que o Poder Legislativo local não recebeu qualquer notificação oficial do Estado sobre a audiência de Penápolis, ou às demais, sobre o novo lote de 10 praças de pedágio anunciados pelo estado.

“O último e-mail recebido da Artesp foi ainda em 2020, tratando sobre a isenção de pagamento de pedágio para o carro da Câmara”, informou o servidor da Câmara, identificado por Juliano.

As referidas audiências, segundo Magal, ocorreram na Capital, dia 21/10, em São José do Rio Preto, dia 25; em Penápolis no dia 26/10 e dia 27/10 em Araraquara. Todas regiões incluídas no novo pacote de praças de cobrança de pedágio, de rodovias a serem privatizadas em 2022.

 

 

Fonte: Cidade Real

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.