Ligue-se a nós

Destaque

Teste de Integridade das Eleições 2022 comprova eficiência das urnas

Publicado

no

 Ao anunciar, na sessão plenária desta quinta-feira (6), o desempenho do projeto-piloto com biometria no Teste de Integridade das Urnas Eletrônicas, realizado no primeiro turno das Eleições 2022, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, afirmou que a amostragem reafirma a eficiência das urnas e do sistema eletrônico de votação.
Segundo Moraes, no pleito deste ano se repetiu o que houve em 2020, 2018, 2016, 2014, 2012, 2010, 2008, 2006, 2004 e 2002. “Ou seja, são 20 anos de absoluta lisura das urnas eletrônicas com comprovação imediata do Teste de Integridade”, afirmou Moraes.
O ministro destacou que o resultado do projeto-piloto do Teste de Integridade com biometria, uma novidade das Eleições 2022, teve 100% de aprovação nas 58 seções eleitorais em que a auditoria foi realizada e contou com a participação de 2.044 eleitores voluntários. Esse quantitativo representa 12,9% do eleitorado que efetivamente compareceu para votar nessas seções no primeiro turno. Segundo ele, da mesma forma que o teste tradicional, não houve nenhuma divergência no projeto-piloto com a biometria.
No projeto-piloto, o eleitor votou normalmente na seção eleitoral e, ao deixar o local, foi convidado por um servidor da Justiça Eleitoral a participar do teste com biometria. O eleitor que aceitou o convite foi então encaminhado à outra sala, no mesmo local de votação, onde apenas posicionou o dedo no leitor biométrico para identificação naquela seção de teste.
Teste de Integridade
Além do teste com biometria, as urnas passaram também pelo Teste de Integridade que acontece há várias eleições. Na sessão plenária desta quinta-feira (6), Moraes lembrou que o Teste foi realizado pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) do país momentos antes da votação, em 641 seções eleitorais distribuídas em todas as unidades da Federação.
“Como não poderia deixar de acontecer, todos os votos dados na urna conferiram com os votos em papel. O Teste é filmado integralmente para comparar os votos dados em papel, que são preenchidos anteriormente por estudantes e partidos políticos, e digitados, no momento da realização do teste, por servidores da Justiça Eleitoral”, ressaltou.
De acordo com a Resolução TSE nº 23.674/2021 (Calendário Eleitoral), serão publicados no Portal da Corte Eleitoral, até o dia 29 de novembro de 2022, os relatórios conclusivos sobre a fiscalização realizada no Teste de Integridade das Urnas Eletrônicas – no primeiro e no segundo turnos – elaborados pela empresa de auditoria externa contratada para acompanhar os trabalhos.
Fonte: TSE
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.