Ligue-se a nós

Destaque

Sobe para 145 o número de mortos pelas chuvas no RS

Publicado

no

O número de mortos pela tragédia das chuvas no Rio Grande do Sul chegou a 145 vítimas, de acordo com um boletim divulgado pela Defesa Civil estadual, na noite deste domingo (12). Ao todo, há ainda 132 pessoas consideradas desaparecidas.
O número de desalojados passa de meio milhão e alcança 538.743 pessoas. Os atingidos diretamente pelos alagamentos ou deslizamentos de terra chegam a 2,1 milhões. São mais de 81 mil pessoas em abrigos no estado.
Em todo Rio Grande do Sul, são 447 municípios atingidos pelas fortes chuvas. Isso significa que nove em dez cidades gaúchas sofrem com os estragos das enchentes e inundações.
As elevações mais rápidas acontecem no nas bacias dos rios Caí e Taquari, que já passaram a cota de inundação. Ao longo da semana, as temperaturas devem cair.
O Guaíba também voltou a apresentar elevação dos níveis da água. Segundo a Defesa Civil, a expectativa é de elevação acima dos 5 metros.
Um boletim do Instituto de Pesquisas Hidráulicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (IPH/UFRGS) divulgado no início da tarde deste domingo apontam que o Guaíba pode alcançar um novo recorde entre segunda e terça-feira, alcançando o patamar de 5,5 metros.
Segundo a Climatempo, embora a primeira quinzena do mês ainda não tenha acabado, Porto Alegre já registra o maio com maior volume de chuvas em pelo menos 63 anos. A análise leva em conta medições do Instituto Nacional de Meteorologia.
O total acumulado do primeiro dia do mês até este domingo está agora em 305,6 mm. “”Isto representa quase o triplo do volume de chuva médio para um mês de maio, que é de aproximadamente 113 mm”, destaca a Climatempo.
A previsão para os próximos dias é de queda de temperatura. Na madrugada de quarta-feira, dia 15 de maio, a Climatempo prevê as míminas em Porto Alegre cheguem a 8°C e máximas que não ultrapassem os 15°C. Há a possibilidade de um novo recorde duplo de baixas temperaturas nesse dia.
Fonte: O Globo
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.