Conecte-se conosco

APEOESP

Publicada lei do abono FUNDEB

Publicado

em

Abono será pago até 31/12/2021

Eventual resíduo será pago em parcelas no ano de 2022

Vetado artigo que estabelecia pagamento do resíduo em parcela única

 

O Diário Oficial do Estado publicou a Lei Complementar Nº 1363, de 13/12/2021 (texto anexo), que foi aprovada pela Assembleia Legislativa quando foi votado o PLC 37/2021. A lei determina que o pagamento do Abono seja feito até o dia 31/12/2021.

Deverá ser publicado um decreto regulamentador. Eventual resíduo (que é a quantia necessária para atingir os 70% que devem ser utilizados obrigatoriamente para o pagamento de salário dos profissionais da educação, mesmo após o pagamento do abono) será pago em 2022.

Em relação ao pagamento desse resíduo, é importante ressaltar que o governador vetou ao artigo 6º do PLC 37, cujo teor era o seguinte:

“Artigo 6º – Para o cálculo do valor a que se referem os artigos 3º e 4º desta lei complementar serão considerados os seguintes períodos:

I – janeiro a outubro de 2021, para o pagamento da primeira parcela;

II – janeiro a dezembro de 2021, para o pagamento de eventual parcela complementar.”

O que ocorre é que a Lei aprovada estabelece que o abono Fundeb deve ser pago em 2021, mas estabelece ainda que, sendo pago o valor do abono, se ainda assim não se concretizar a aplicação obrigatória dos 70% das verbas do FUNDEB com vencimentos dos profissionais da educação, então haverá pagamentos de resíduos, tantos quantos se fizerem necessários. Só é possível saber se haverá resíduo ou não quando termina o ano fiscal, e se fizer a apuração dos totais recebidos e gastos pelo Estado com o FUNDEB.

O artigo 6º estabelecia o pagamento de “parcela complementar”, no singular. Na exposição de motivos para o veto, o governador diz que atendeu ponderação do secretário da Educação, alegando que, a depender do valor de eventual resíduo (que pode não existir), poderão ser necessárias mais que uma parcela.

Lembramos que a APEOESP já oficiou ao secretário da Educação para que o Abono Fundeb seja incorporado aos salários e reiteraremos essa reivindicação.

 

Saiba mais em : http://www.apeoesp.org.br/publicacoes/apeoesp-urgente/n-142-publicada-lei-do-abono-fundeb/

 

 

Fonte: APEOESP (Informa Urgente 142/2021)

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.