Conecte-se conosco

Destaque

Polícia Civil prende suspeitos de exploração sexual infantil e pedofilia em Ourinhos e Marília

Publicado

em

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira (13) dois homens suspeitos de exploração sexual infantil e pedofilia no centro-oeste paulista. As prisões ocorreram em Ourinhos e Marília (SP), durante cumprimento de mandados pela operação Querubim II.

A polícia informou que o suspeito preso em Ourinhos é um bancário que trabalha em Cambará (PR), mas mora na cidade do interior de SP.
O outro homem foi preso em Marília, no bairro Fragata. Ele foi levado à delegacia após os policiais encontrarem uma pistola 9 mm e um celular com fotos de crianças nuas.
Já em Ourinhos, a polícia apreendeu computadores, notebooks, pendrives e cartões de memória e câmeras fotográficas com conteúdo de abuso sexual infantil.
A operação desta quarta-feira é desdobramento de uma ação da polícia feita em 2019. A operação Querubim I foi deflagrada pelo Deinter-4, que corresponde a 76 municípios do centro-oeste paulista, também com o objetivo de combater a exploração sexual infantil na internet.
Naquela ocasião, cerca de 70 policiais civis foram mobilizados para fazer busca e apreensão de materiais envolvendo exploração sexual infantil na internet. Pelo menos 12 pessoas foram detidas em Bauru, Jaú, Pederneiras, Ourinhos, Tupã, Ubirajara, Promissão e Marília, em 2019.
Entre os envolvidos, foi detido um padre, morador de Tupã (SP). Na casa dele, os policiais localizaram brinquedos e ursos de pelúcia.
Fonte:G1
Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.