Ligue-se a nós

Polícia

Polícia Civil de Osvaldo Cruz prende em Guarulhos homem que aliciou menina de 11 anos pelo Facebook

Publicado

no

Prisão do pedófilo foi nesta segunda-feira, em Guarulhos, realizada por policiais civis de Osvaldo Cruz (Cedida/Polícia Civil).

A Polícia Civil de Osvaldo Cruz prendeu nesta segunda-feira (3) em Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo, um homem que era investigado desde setembro de 2019 após ter aliciado, pelo Facebook, uma menina de Osvaldo Cruz, na época com 11 anos.

A prática do pedófilo foi descoberta pelo pai da menina, após verificar o aparelho celular da filha, constatando que a criança havia trocado mensagens e imagens de cunho sexual com uma pessoa desconhecida.

O pai denunciou o caso junto à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), onde foi instaurado inquérito policial, sendo a investigação encaminhada para o Setor de Investigações Gerais da Delegacia de Polícia de Osvaldo Cruz.

De acordo com nota à imprensa divulgada na noite de hoje, durante as investigações foi feita análise do conteúdo do aparelho celular da criança, onde foi verificado que uma pessoa, após conversar com a vítima – e mesmo tendo constatado que ela possuía apenas 11 anos de idade – passou a lhe encaminhar fotografias pornográficas, fazendo convites para prática de atos sexuais, a recrutando e induzindo para que lhe encaminhasse fotos suas nua, o que a criança acabou fazendo.

Em continuidade às investigações, a equipe da Delegacia de Polícia de Osvaldo Cruz constatou que para a prática do crime o autor criou uma conta “fake” no Facebook. Na rede social o investigado possuía diversos contatos, todos eles parecendo se tratar de crianças e adolescentes.

Policiais fazem diligências em São Paulo e Guarulhos (Cedida/Polícia Civil).

A Polícia Civil requisitou na Justiça autorização judicial e com a ordem expedida pelo Poder Judiciário foram colhidas inúmeras informações junto às redes sociais e empresas de telefonia celular, até que fosse identificado um suspeito, que se tratava de um homem com 35 anos, na época dos fatos.

Com as informações, os policiais de Osvaldo Cruz realizaram diligências na cidade de São Paulo. A equipe policial se dirigiu até a residência do investigado, porém ele havia se mudado do imóvel.

Ao verificar o imóvel, os policiais compararam as fotografias enviadas ao celular da criança, sendo possível constatar que se tratava da mesma casa onde eram produzidas as imagens de cunho sexual remetidas pelo pedófilo à menina de Osvaldo Cruz.

Os policiais localizaram o proprietário do imóvel. Ele confirmou que o antigo morador, na época dos fatos, se tratava o suspeito investigado. Na ocasião, os policiais ainda conseguiram identificar familiares do autor, que alegaram desconhecer seu paradeiro ou telefone para contato.

Mesmo sem localizar o homem, a investigação conseguiu confirmar a autoria do crime, levando ao seu indiciamento formal pela prática do crime previsto no artigo 240, §1º do Estatuto da Criança e do Adolescente: agenciar, facilitar, recrutar, coagir, ou de qualquer modo intermediar a participação de criança ou adolescente em cenas de sexo explícito ou pornográficas.

Com o indiciamento, a Polícia Civil de Osvaldo Cruz representou junto ao Poder Judiciário pela decretação de prisão preventiva do acusado, sendo a medida deferida, expedindo-se o respectivo mandado de prisão.

Siga Mais

Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.