Conecte-se conosco

Destaque

Polícia Civil de Osvaldo Cruz investiga casos de difamação de pessoas em Redes Sociais

Publicado

em

A Polícia Civil de Osvaldo Cruz foi procurada na última semana por algumas pessoas que solicitaram registro de boletim de ocorrência, informando que haviam se sentido ofendidas por algumas postagens em redes sociais.

A reportagem do Portal Metrópole de Notícias apurou junto ao delegado titular do município, Dr. Marcelo Marques Silva Lemes, que há um trabalho de instauração de procedimentos de polícia judiciaria para apuração de fatos que estão sendo tratados como difamação.

O Delegado falou sobre o início desse trabalho e destacou que a pessoa responsável pela postagem, e quem compartilhou serão responsabilizados perante a justiça. “São fatos pontuais, sendo que três pessoas que foram acusadas em redes sociais, que foram compartilhadas por outras pessoas, onde houveram comentários e que essas notícias e os comentários ofenderam os queixantes, mas não existe uma rede de Fake News.”, disse Dr. Marcelo Lemes.

Todas as pessoas que se sentem prejudicadas por alguma postagem tem o direito de procurar o poder público, e talvez o fato tenha dado maior repercussão, porque essas pessoas que procuraram a polícia, são servidores públicos, ou em algum momento da vida prestaram serviço público, comentou o delegado.

Dr. Marcelo Marques Silva Lemes falou também sobre ser ilusório achar que redes sociais é terra de ninguém. “Todo mundo é responsável por aquilo que posta em rede social ou aquilo que compartilha, porque está propagando aquele fato que está denegrindo a imagem de uma pessoa, ou empresa, ou marca. O trabalho da Polícia Civil continua apurando esse caso e qualquer outro que venha a ocorrer. E para quem gosta de apimentar um pouco nas redes sociais, as vezes até usando perfil falso, é bom saber que a Polícia Civil tem técnicas e meios para levantar a autoria e fazer a identificação da pessoa, que será levada a responder perante a justiça. Não é porque está por traz de uma rede social e as vezes usando um nome falso, ou apelido, que não conseguiremos apurar quem foi que postou. Já existem meios de investigação para que se apure quem são os responsáveis.”, finalizou o delegado.

 

 

 

Fonte: Metrópole FM

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.