Conecte-se conosco

Covid-19

Osvaldo Cruz atinge 104 mortes pela Covid-19

Publicado

em

O município de Osvaldo Cruz confirmou nesta segunda-feira, 14, mais três óbitos pela Covid-19, chegando a 104. O total de casos positivados é de 3.547 desde o início da pandemia.

Óbitos

– Mulher, 53 anos, com sintomas característicos da doença, fez exame particular no dia 27/05, confirmando diagnostico de Covid-19. Internou na Santa Casa Municipal dia 01/06 devido agravamento do quadro clinico. Evoluindo para óbito no dia 11/06.

– Homem, 86 anos, com sintomas característicos da doença, procurou a Santa Casa Municipal no dia 08/06, internou com agravamento do quadro clinico no mesmo dia, realizado exame com resultado positivo para Covid 19. Evoluindo para óbito no dia 12/06.

– Homem, 76 anos, com sintomas característicos da doença, procurou a Santa Casa Municipal no dia 09/06, internou com agravamento do quadro clinico no mesmo dia, realizado exame com resultado positivo para Covid 19. Evoluindo para óbito no dia 14/06.

Positivados

São 36 novos casos confirmados, segundo a Vigilância Epidemiológica. Na sexta-feira (11) eram 3.511.

A cidade que na sexta-feira (11) tinha 3.241 recuperados agora conta com 3.291 (50 pessoas se curaram da doença).

Pacientes em isolamento domiciliar, que eram 169 agora são 152.

Os suspeitos caíram de 225 para 167. E os descartados são 3.161.

UTI Covid permanece lotada

A UTI Covid da Santa Casa permanece com 100% dos leitos ocupados, sendo 07 pacientes de Osvaldo Cruz, 01 de Tupã, 01 de Sagres e 01 de Salmourão.

Das 21 vagas ofertadas na Clínica Médica de Covid, 13 estão ocupadas. São 09 pacientes de Osvaldo Cruz, 01 de Salmourão, 01 de Inúbia Paulista e 02 de Sagres.

Não há nenhum paciente hospitalizado no setor pediátrico.

Vacinômetro

Já foram aplicadas 16.115 doses da vacina, sendo 10.525 em primeira dose e 5.590 em segunda.

 

 

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Vigilância Epidemiológica de Osvaldo Cruz

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.