Ligue-se a nós

Destaque

Oposição tem derrota na Câmara de Osvaldo Cruz em proposta de aumento de emendas impositivas

Publicado

no

A bancada da oposição teve derrota na Câmara de Osvaldo Cruz ontem (25) ao tentar elevar de 1,2% para 2% da receita corrente líquida o percentual das emendas individuais impositivas.
Na prática, são direcionamentos que os vereadores conseguem fazer individualmente de onde o dinheiro público do município deva ser empregado.
A matéria já tinha sido aprovada em primeira votação no dia 19 de fevereiro, mas em segunda votação acabou reprovada por maioria.
A proposta era de emenda à Lei Orgânica Municipal (LOM), de autoria dos vereadores Roberto Amor, Donisete de Brito, Luis Ricardo Spada Bonfim, Álvaro Bellini, Carolina Rossi e Marta Murbach.
Projetos da Prefeita Vera Morena foram aprovados
Três projetos de autoria da Prefeita Vera Morena foram aprovados.
O de número 11/2024 autoriza repasse de verba pública à Associação Comercial e Empresarial de Osvaldo Cruz – ACEOC, sendo a inclusão do valor na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO 2024) e também no Plano Plurianual 2022-2025.
Outros projetos se referem à inclusão de valores para a construção de uma Unidade de Saúde da Família no Conjunto Beija-Flor,  outro para autorização de contrato com a Associação Filantrópica de Proteção aos Cegos, de Presidente Prudente, e mais um projeto que denomina “Rua Eudes Rimoldi” o trecho paralelo à Alameda Vasco Pigozzi, próximo ao portal de entrada da cidade.
Fonte: Assessoria Parlamentar de comunicação da Câmara Municipal de Osvaldo Cruz
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.