Conecte-se conosco

APEOESP

Municípios decretam que as escolas não reabrem

Publicado

em

A APEOESP trabalhou arduamente e se reuniu com prefeitos e prefeitas e secretários(as) de Educação e saúde em todas as regiões, dando conhecimento às autoridades municipais da pesquisa que encomendou do Instituto dos Arquitetos do Brasil e do DIEESE. Por conta dessa atuação, até 9/10 316 Municípios já haviam decretado que as aulas presenciais não voltam em 2020, sendo que 261 deles proibiram a volta para todas as redes (municipal, estadual e privada). Nossa luta continua pela ampliação deste número para alcançar todo o estado.

Essa é uma grande vitória da APEOESP, que vem afirmando que a reabertura das escolas, sem considerar que a pandemia ainda é uma realidade muito presente na sociedade, e sem considerar a vontade e a segurança da população, é um erro, que coloca em risco a vida de milhões de pessoas. Pelo levantamento que a APEOESP realizou junto às subsedes, menos de 3% das escolas estaduais realizaram a volta opcional em 7/10, muitas delas sob pressão e com um número ínfimo de 6 Secretaria de Comunicação estudantes. A APEOESP impetrará ação judicial contra qualquer chamada impositiva aos professores para a volta às escolas, bem como pressões e assédio moral.

 

Fonte: APEOESP (Informa Urgente 117/2020)

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.