Conecte-se conosco

Destaque

Moça de 22 anos é morta pelo namorado em Lucélia; rapaz confessa o crime

Publicado

em

Uma moça de 22 anos, moradora em Adamantina, foi morta pelo namorado, de 25 anos, em Lucélia, na madrugada deste domingo (8), em Lucéia. O acusado do crime foi preso em flagrante, sob acusação de feminicídio. A vítima é Nayra Valentim dos Santos. Desde as 13h seu corpo é velado no Memorial Flor de Lotus, em Adamantina. O sepultamento está previsto para 16h30, no Cemitério local.

O crime

Segundo a polícia, o agressor matou a namorada e escondeu seu corpo na vicinal João Lopes da Silva, que liga Lucélia a Pracinha. O crime foi por volta das 4h da madrugada.

A Polícia Militar foi acionada pelo 190, para atender uma desinteligência. Ao chegar ao endereço informado, a equipe do policiamento abordou o suspeito, que confessou a agressão à namorada. Ele relatou que a moça estava morta, em decorrência das lesões. Depois, o suspeito indicou onde estava o corpo da vítima, disposto em uma propriedade rural às margens da rodovia vicinal.

De acordo com a PM, o local onde o corpo estava era de difícil acesso, cerca de 100 metros de distância de uma estrada de terra que faz junção com a vicinal. O corpo da moça foi encontrado dentro de um buraco, em decúbito ventral (de bruços), já em rigidez cadavérica.

Além da PM, a ocorrência mobilizou ainda o Corpo de Bombeiros, a Polícia Civil e os peritos da Polícia Científica, que compareceram ao local.

Com a constatação do crime, o rapaz recebeu voz de prisão em flagrante sob acusação de feminicídio, de acordo com o artigo 121, parágrafo 2°, inciso 6° do Código Penal. Preso, foi apresentado ao plantão da Polícia Civil, onde ficou detido, à disposição da Justiça.

 

 

 

Fonte: Siga Mais

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.