Conecte-se conosco

Destaque

Lucélia lança campanha para arrecadar recursos para crianças e idosos

Publicado

em

Lucélia iniciou, no último mês, uma campanha que visa arrecadar recursos para crianças e idosos atendidos pelas entidades da cidade. Denominada ‘Imposto de Renda da Amizade’, a ação objetiva incentivar a destinação de parte do IR aos fundos municipais que atendem tais grupos.

A mobilização é realizada pela Secretaria da Assistência Social juntamente com o CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) e CMI (Conselho Municipal do Idoso).

“O potencial de doação para o município de Lucélia, segundo as informações do Fundo para Infância e Adolescência (FIA), é de R$ 445.588,63 ao ano. Precisamos trabalhar junto à sociedade para que possamos atingir este potencial de arrecadação”, citou a secretária de Assistência Social, Paula Lago. “Cabe ressaltar que não se trata de doação, mas sim de destinação de parte do Imposto de Renda que seria pago à Receita Federal (uma cota de até 6% em caso de pessoas físicas que fizerem a destinação na declaração anual do imposto)”.

Ela lembra ainda que “nos casos em que o contribuinte tem imposto a restituir, também é possível fazer a destinação, sem pagar a mais ou receber a menos”.

As doações se constituem em uma das principais formas de captação de recursos dos fundos, devendo ser aplicados, exclusivamente, nas ações, programas, projetos e atividades voltados ao atendimento da criança e adolescente e também da pessoa idosa, que vivem em situações de vulnerabilidade e risco social e pessoal.

“Com essa iniciativa, é possível ajudar a transformar as vidas de diversas crianças e idosos e, o mais importante, o cidadão não paga um centavo a mais para isso, pelo contrário, ele vê o seu dinheiro sendo aplicado em ações de transformações sociais no seu município”, disse o presidente do Lar São Vicente de Paula, Pablo Lopes.

 

 

 

Fonte:  Grupo Impacto

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.