Conecte-se conosco

Polícia

Justiça expede mandado de prisão contra o ex-padre Manoel, residente em Salmourão

Publicado

em

A Justiça, através Fórum da Comarca de Osvaldo Cruz, expediu mandado de prisão preventiva em desfavor do ex-padre Manoel Carlos Nery de Souza, residente em Salmourão.

O caso prossegue em segredo de justiça, não sendo divulgado assim os fatos que levaram à decisão da prisão preventiva. O ex-padre não foi encontrado em seu endereço, na cidade de Salmourão e agora é considerado foragido.

A decisão da Justiça e o mandado de prisão preventiva foi expedido no último dia 30.

Segue resumo  da Decisão:

Teor do Documento: Não informado

Síntese da Decisão: 1- Nos termos do artigo 396 do CPP, com a nova redação dada pela Lei nº 11.719/2008 e, uma vez verificados os pressupostos processuais, as condições da ação e presente a justa causa, RECEBO a DENÚNCIA oferecida contra MANOEL CARLOS NERY DE SOUZA. 2- Evolua no sistema SAJ a classe processual. 3- Extraia-se a folha de antecedentes e a certidão criminal, inclusive da Vara Execuções Criminais (VEC), juntando-se as respectivas certidões, exceto de processos em que conste homol

Observação: Não informado

Local e Data: Osvaldo Cruz, 30 de Maio de 2022.

 

Padre Manoel

 

Ordenado em fevereiro de 2002, padre Manoel atuou em paróquias de Tupã, Pompeia, Flórida Paulista e Herculândia.

Em 2013 fez seu mestrado em Teologia Catequética, na Pontifícia Salesiana, em Roma, na Itália. Atualmente o ex-padre reside em Salmourão.

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.