Conecte-se conosco

Destaque

Governo de SP bate recorde de investimento em saúde nos últimos dez anos

Publicado

em

O Governo de São Paulo ampliou em 7,5% os gastos com Saúde em 2020, quando foram investidos R$ 28,7 bilhões em meio à pandemia da COVID-19, em comparação com 2018, que teve R$ 26,7 bilhões em valores corrigidos pelo IPCA. Este é o maior orçamento para a Saúde nos últimos dez anos.

Análise feita pela equipe de Orçamento e Finanças da Secretaria da Saúde, o valor destinado a custeio da área no Estado de São Paulo cresceu 28,6% nos anos de 2019 e 2020, principalmente em virtude dos recursos destinados ao enfrentamento do coronavírus. A média foi de R$ 18,33 bilhões nestes anos, contra R$ 13 bilhões em média anual entre 2011 e 2018.

Neste mesmo sentido, houve aumento de 12,6% no investimento anual executado na média dos anos de 2019 e 2020, que ultrapassou 748,1 milhões, em comparação à média dos sete anos anteriores – de 2011 a 2018, a média foi de 663,3 milhões.

No ano passado, o Estado de SP ativou 8 mil leitos extras de UTI e aplicou R$ 242 milhões para compra e distribuição de 4 mil respiradores, R$ 165,6 milhões em remédios do kit intubação, R$ 157,7 milhões em Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para profissionais de saúde, R$ 10,1 milhões em testes para diagnóstico da doença e R$ 250,8 milhões na compra de doses extras de CoronaVac. Há ainda R$ 180 milhões para a construção da fábrica do Instituto Butantan angariados pelo Estado junto à iniciativa privada.

No segundo semestre de 2021, graças à redução da demanda de COVID-19, R$ 4 bilhões serão investidos para finalização de hospitais em construção, ajuda a hospitais municipais e ampliação de convênios com Santas Casas e entidades filantrópicas.

 

 

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.