Conecte-se conosco

Covid-19

Governo de SP apresenta nova projeção de vacinação contra a Covid-19 para julho e agosto

Publicado

em

Durante a coletiva de imprensa no começo da tarde de ontem (26),o governo do estado de São Paulo apresentou nova projeção de vacinação contra a Covid-19 para os meses de julho e agosto. A perspectiva de vacinação leva em consideração o calendário com a projeção de entregas de vacinas, disponível no site do Ministério da Saúde.

Considerando esse cenário, a previsão de vacinação para o estado de São Paulo, é a seguinte:

A consolidação desse calendário depende da entrega das doses do imunizante, pelo Ministério da Saúde, dentro do Plano Nacional de Imunização. Nas cidades, a orientação é que os moradores aguarem das orientações locais definidas pelas secretarias municipais de saúde, com as datas mais específicas, locais e horários de vacinação.

Vacinação em segunda dose

As pessoas que receberam a primeira dose do imunizante e já estão aptas a receberem a segunda dose, devem procurar o mesmo local de vacinação para a conclusão da etapa e garantir assim a cobertura da vacina.

Na região do Departamento Regional de Saúde (DRS) de Marília, são 6.324 pessoas que não buscaram a segunda dose, das quais 968 são referentes à vacina Astrazeneca/Oxford e 5.356 da Coronavac.

Grupos que iniciaram vacinação em maio

Neste mês de maio, segundo o cronograma disponível no site Vacina Já, foram diversos os grupos que iniciaram imunização contra a Covid-19 no estado de São Paulo. Considerando a faixa etária, foi iniciada a imunização para pessoas entre 60 e 62 anos. Já entre os demais grupos prioritários, foi iniciada a vacinação para portadores de Síndrome de Down (18 a 59 anos), pacientes renais em diálise (18 a 59 anos), transplantados imunossuprimidos (18 a 59 anos), metroviários e ferroviários (operadores de trem de todas as idades; outros trabalhadores do setor com 47 anos ou mais), grávidas e puérperas com comorbidades (acima de 18 anos), pessoas com deficiência permanente (BPC) (55 a 59 anos), pessoas com comorbidades (55 a 59 anos), pessoas com deficiência permanente (BPC) e pessoas com comorbidades (50 a 54 anos), grávidas e puérperas com comorbidades (acima de 18 anos), motoristas e cobradores de ônibus, pessoas com comorbidades e com deficiência permanente (BPC) (45 a 49 anos) e pessoas com comorbidades e com deficiência permanente (BPC) (40 a 44 anos).

 

 

 

Fonte: Siga Mais

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.