Conecte-se conosco

Destaque

Governo antecipa 13º salário dos aposentados do INSS; calendário de pagamentos já foi definido

Publicado

em

O Governo Federal anunciou a antecipação do pagamento do 13º salário aos aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Este é o terceiro ano que o governo antecipa o pagamento do benefício. Em 2020, o dinheiro foi pago em abril e maio. No ano passado, foi pago em maio e junho.

De acordo com um decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU), a primeira parcela do salário deve entrar na folha de pagamento de abril e a segunda na folha de maio. Vale lembrar que, por lei, as famílias que recebem o Auxílio Brasil ou outro tipo de benefício assistencial não têm direito ao décimo terceiro salário.

Tradicionalmente, os aposentados e pensionistas do INSS recebem o décimo terceiro nas competências de agosto e novembro. Nos últimos dois anos, o pagamento a aposentados e pensionistas foi antecipado devido a pandemia da Covid-19.

Segundo o governo, cerca de R$ 56,7 bilhões serão liberados. Mas, o valor do abono varia para cada cidadão, uma vez que é calculado conforme o valor do benefício recebido mensalmente e de forma proporcional à quantidade de meses em que o pagamento foi feito pelo Instituto. Portanto, existem beneficiários que receberão um salário-mínimo, bem como, aqueles que recebem até o teto do regime geral da previdência social.

Calendário da 1ª parcela da antecipação 13 salário dos aposentados

Final NIS 1: 25/abril;

Final NIS 2: 26/abril;

Final NIS 3: 27/abril;

Final NIS 4: 28/abril;

Final NIS 5: 29/abril;

Final NIS 6: 2/maio;

Final NIS 7: 3/maio;

Final NIS 8: 4/maio;

Final NIS 9: 5/maio;

Final NIS 0: 6/maio;

Calendário da 2ª parcela:

Final NIS 1: 25/maio;

Final NIS 2: 26/maio;

Final NIS 3: 27/maio;

Final NIS 4: 30/maio;

Final NIS 5: 31/maio;

Final NIS 6: 1/junho;

Final NIS 7: 2/junho;

Final NIS 8: 3/junho;

Final NIS 9: 6/junho;

Final NIS 0: 7/junho.

 

 

 Fonte:Bola Vip

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.