Conecte-se conosco

Esportes

Futebol brasileiro vive nova ordem. E é bom se acostumar com isso.

Publicado

em

Fortaleza, Bragantino e América-MG na Libertadores.

Atlético-GO, Ceará e Cuiabá na Copa Sul-Americana.

São Paulo e Santos, apesar de garantidos na Sul-Americana, brigando para não caírem.

Grêmio rebaixado.

Cruzeiro e Vasco não conseguindo voltar à elite.

Os fatos citados acima reforçam o que tenho estabelecido como a Nova Ordem do Futebol Brasileiro.

Na verdade, eu não estabeleço nada. Apenas constato e comento os fatos.

E é inegável que há um novo processo em andamento no futebol brasileiro.

E neste processo, as “camisas pesadas” podem se tornar irrelevantes se não buscarem se organizar dentro e fora de campo.

Em tempos não muito distantes, a normalidade do futebol apontaria para Fortaleza, Bragantino, Atlético-GO, Ceará, América-MG e Cuiabá brigando para não caírem – isso se conseguissem estar na elite ao mesmo tempo.

Mas as coisas estão mudando.

E essas equipes começam a trazer lições importantes aos grandes: ou se organizam, ou vamos começar a buscar espaços.

O grande baluarte dessa organização é o Athletico-PR. Há pelo menos duas décadas o Furacão trabalha o futebol de uma forma totalmente diferente dos demais.

E os frutos estão aparecendo. Em três anos: dois títulos de Sul-Americana, uma Copa do Brasil, que pode virar duas, caso vença a final deste ano.

Ninguém, aqui, está querendo dizer que os grandes não são mais grandes.

Eles continuam.

Mas precisam acordar.

Tem muita gente querendo espaço por ai.

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.