Conecte-se conosco

Destaque

Em nota, Eixo SP se posiciona sobre fechamento de acessos próximos à praça de pedágio

Publicado

em

Nesta segunda-feira (17) a Eixo SP Concessionária de Rodovias se posicionou em nota  sobre o fechamento de dois acessos que fazem a ligação da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), em Lucélia – proximidades da nova praça de pedágio – à estrada rural que funciona como caminho alternativo entre o município e a cidade vizinha Inúbia Paulista.

Ao AQUI LUCÉLIA, a Concessionária explicou em  nota (íntegra abaixo) que os acessos no local são irregulares e o fechamento busca evitar acidentes e o uso indevido dessas passagens, nas proximidades da praça de pedágio. Ainda, segundo a concessionária, “a medida não impede que propriedades lindeiras tenham acesso à rodovia por outras alternativas”.

Veja a íntegra da nota:

“A Eixo SP Concessionária de Rodovias esclarece que os acessos fechados na SP-294 – Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros são irregulares e estão próximos às praças de pedágio. O fechamento, com a finalidade de evitar colisões transversais pelo uso indevido destes caminhos, está alinhado às normas de segurança viária da ARTESP – Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo e do DER-SP – Departamento de Estradas de Rodagem. É importante mencionar que a medida não impede que propriedades lindeiras tenham acesso à rodovia por outras alternativas”.

Com as obras de instalação das praças de pedágio concluídas e já alcançado o primeiro ano em que a rodovia está sob administração da iniciativa privada, a concessionária aguarda a vistoria da ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) para iniciar a cobrança.

 

 

Fonte: Aqui Lucélia

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.