Conecte-se conosco

Covid-19

Com mais de 2,3 mil assinaturas, Projeto de Iniciativa Popular é protocolado na Câmara

Publicado

em

Entrega do projeto aconteceu hoje na Prefeitura (Foto: Pedro Panvéchio - Assessoria da Câmara de Osvaldo Cruz)

Com mais de 2,3 mil assinaturas, foi protocolado hoje (12) na Câmara de Osvaldo Cruz, o Projeto de Iniciativa Popular que visa enquadrar os setores do comércio e prestação de serviços afetados pela pandemia do novo coronavírus como essenciais – dando, assim, garantia de que, caso Osvaldo Cruz volte à uma eventual fase Vermelha do Plano SP, esses setores possam trabalhar normalmente.

O Projeto de Iniciativa Popular é fruto das manifestações que aconteceram na última sexta-feira, 5, e que reuniu profissionais do ramo da beleza, prestadores de serviço, autônomos, dentre outros.

Na ocasião, eles foram recebidos na Prefeitura pelo secretário de Assuntos Jurídicos, Rodrigo Albino, e a prefeita Vera Morena (PP). Em seguida, o presidente da Câmara, Antônio Bortolucci, o Tuty (DEM), também recebeu os manifestantes na Câmara.

Vale destacar que todo o movimento, desde o início, foi realizado de forma pacífica.

Tanto que o grupo foi orientado a elaboração a ação popular.

Coleta de assinaturas em três dias

As mais de 2,3 mil assinaturas foram captadas em três dias.

Entre terça-feira, e a manhã desta sexta-feira, eleitores em dia com a Justiça Eleitoral puderam contribuir, de alguma forma, com a iniciativa.

Por volta de meio dia, a ação foi protocolada na secretaria da Câmara, garantindo, assim que o projeto possa entrar na próxima sessão ordinária do Legislativo local.

Entraram no projeto, as seguintes categorias:

  • ACADEMIAS
  • COMÉRCIO VAREJISTA
  • PROFISSIONAIS LIBERAIS E PRESTADORES DE SERVIÇO
  • RESTAURANTES, LANCHONETES, CAFÉS E BARES
  • SALÕES BELEZA, BARBERARIAS, MANICURES, ESTETICISTAS DESIGNER DE SOBRANCELHAS
  • COMÉRCIO ATACADISTA

“Foi bonito ver a união da população. A população se mobilizou e mostrou qual a sua vontade. Não é só a união de uma classe, mas sim de uma cidade inteira”, destacou o empresário do ramo da beleza, Rafael Wagner, que foi um dos organizadores da ação.

E agora

Agora, a expectativa fica por conta da apreciação por parte da Câmara de Osvaldo Cruz, na sessão ordinária que está agendada para a próxima segunda-feira, 15.

Se votado e aprovado, a matéria vai para sanção ou veto da prefeita Vera Morena.

Em caso de veto, o expediente volta à Câmara que tem o poder de derrubar ou manter o veto.

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.