Conecte-se conosco

Destaque

Câmara Técnica “Cidadania” finaliza seu planejamento e propõe projeto com bairros da cidade

Publicado

em

O Conselho Gestor do Multiplic, nesta terça-feira, 29, aprovou mais um planejamento de Câmara Técnica, dessa vez com a vertente ‘Cidadania’ e que foi oriunda dos integrantes do Eixo de Educação.

Assim, após quatro meses de trabalho, a Câmara Técnica “Cidadania” teve sua proposta final submetida à aprovação do Conselho Gestor, sendo aprovada com êxito. O cerne do projeto tem foco nas pessoas e na importância de sua participação para melhora do lugar em que vivem, com isso segue fielmente os valores impostos na formação do Fórum Multiplic.

Em seu planejamento, os integrantes propuseram a elaboração do “Plano de Bairro”, onde os participantes serão responsáveis por aprofundar estudos e desenvolver um modelo de plano que atenda as demandas especificas de cada bairro. Como ‘projeto piloto’ foram escolhidos os bairros Orlando Bergamaschi, Mira Ira e Aquarius, e os próprios moradores serão os protagonistas, contudo, contarão com o apoio técnico de profissionais multidisciplinares e engajados no tema.

Emerson Souza, integrante da Câmara, aponta que esse projeto é importante por unir ideias e informações que não seriam colocadas em pautas de forma isolada. “Esse projeto tem como princípio mostrar a toda população que se trabalharmos de forma organizada, podemos melhorar o local onde vivemos, não só no bairro, mas sim se estendendo a cidade toda e porque não na região, estado e no país. Todos nós temos um pouco a se doar, temos ideias diferentes, pensamentos e visões diferentes, e tudo isso só vem a somar para a melhoria de um local”, complementa.

Emerson avalia ainda que a importância desse projeto vem somar muito também na vida social do bairro, onde a união da Sociedade Civil Organizada cria uma espécie de vínculo, uma maior humanização nas relações e até mesmo com uma sensação familiar.

Todavia, o projeto abrange também outras questões fundamentais no quesito cidadania, como temas urbanísticos, de economia e ambientais.

Agora Osvaldo Cruz conta com a sugestão de um modelo que poderá ser replicada em todos os bairros, além dos iniciais, como aponta Dr. Claudio Tonol, presidente do Multiplic. “Esperamos inspirar outras pessoas a tomarem um papel de protagonistas como construtores de uma nova história dentro da sua localidade. Queremos que sigam esse modelo e que não fiquem parados aguardando simplesmente, mas que possam agir de forma organizada. Gostaria de destacar a importância das pessoas para as propostas do Multiplic. É relevante termos cada vez mais pessoas se integrando, trazendo conhecimento, experiência e força de vontade porque assim conseguiremos atingir nossos objetivos e buscar um futuro melhor.”

Como irá funcionar o Projeto da Câmara Técnica Cidadania?

Everton Cardoso, responsável pela Consultoria Técnica da TreinaCons, conta sobre as etapas concluídas e as que ainda irão acontecer. “Na primeira etapa, o foco total foi em estudar experiências pré-existentes e em desenvolver o nosso modelo. Agora, iniciaremos um novo ciclo de trabalho, ou seja, a construção do “Plano de Bairro – Orlando Bergamaschi / Mira Ira / Aquarius”. Em breve, iniciaremos mobilizações para convidarmos mais pessoas a assumirem o protagonismo e multiplicarem com a gente”, explica o responsável.

Com o objetivo claro de identificar lideranças e mobilizar as pessoas para o levantamento das demandas locais e a busca organizada por soluções, os integrantes darão andamento seguindo um protocolo de fases, entre o diagnóstico das demandas, propostas de melhorias e soluções e acompanhamento, todas elas sendo conduzidas por profissionais habilitados.

Segundo Everton, ainda é importante frisar que o modelo estará disponível para a mobilização de comunidades de outros bairros.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Multiplic

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.