Conecte-se conosco

Destaque

Câmara manifesta apoio ao projeto do Senado Federal que institui o piso salarial nacional dos profissionais da enfermagem

Publicado

em

Na última segunda-feira, 7, durante a 1ª Sessão Ordinária de 2022, o vereador e presidente da Câmara Municipal de Osvaldo Cruz, Antônio Bortoluci, o Tuty, apresentou Moção de Apoio ao Projeto de Lei do Senado Federal, que institui o piso salarial nacional dos profissionais da enfermagem.

A Moção de autoria do presidente foi assinada por todos os vereadores presentes na sessão, que também apoiam o reconhecimento à categoria.

O projeto segue em análise na Câmara dos Deputados e altera a Lei 7.498/86, que trata do exercício da enfermagem. Conforme a proposta, o valor mínimo inicial para os enfermeiros será de R$ 4.750, a ser pago nacionalmente pelos serviços de saúde públicos e privados. Nos demais casos, haverá proporcionalidade: 70% do piso dos enfermeiros para os técnicos de enfermagem; e 50% para os auxiliares de enfermagem e as parteiras.

“Importante apoiar essa medida, porque conheço a realidade desses profissionais, porque sou um deles e por muito tempo atuei na área da saúde exercendo a profissão. Conversei com alguns profissionais da enfermagem do nosso município e é um absurdo o valor que eles ganham, passou da hora de receberem aquilo que é merecido. Uma categoria que há mais de dois anos nessa pandemia vem se desdobrando para atender a todos na linha de frente”, disse o presidente da Câmara.

A Moção de Apoio será encaminhada para o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, a fim de que os deputados tenham conhecimento da manifestação da Câmara de vereadores de Osvaldo Cruz em prol dos anseios dos profissionais de enfermagem de todo o Brasil.

 

 

 

Fonte: Assessoria Parlamentar de Comunicação da Câmara Municipal de Osvaldo Cruz.

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.