Conecte-se conosco

Covid-19

Auxílio emergencial negado pode ser contestado até sábado dia 3 de julho

Publicado

em

Mais 106 mil brasileiros vão receber o auxílio emergencial deste ano.

Este pessoal havia sido bloqueado pelo ministério da cidadania. Porém, após uma reavaliação da DATAPREV, a empresa de tecnologia da previdência, a pasta decidiu liberar o auxílio destes trabalhadores.

Para quem não teve o benefício liberado, o prazo para contestar encerra no próximo dia três de julho, sábado.

A contestação pode ser feita pelo site: consultaauxílio.cidadania.gov.br. Lá, o solicitante vai ter o motivo pelo qual o auxílio foi negado. Se discordar ele precisa clicar na opção contestar auxílio.

O cronograma de pagamento do auxílio emergencial já está na terceira de quatro parcelas. Porém, quem teve o auxílio liberado agora poderá receber os benefícios dos meses anteriores.

Este ano, o governo está pagando parcelas de em média 250 reais. A maior parte recebe 150 reais por morar só e as mães chefes de família sacam 375 reais por parcela.

 

 

 

Fonte: Henrique Camargo

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.