Conecte-se conosco

APEOESP

ATENÇÃO: Golpistas usam nome da APEOESP para lesar professores

Publicado

em

A APEOESP comunica que mais uma vez golpistas estão buscando professores, utilizando-se de nomes de advogados do sindicato e alegando que foi liberado dinheiro em processos judiciais onde tais educadores são partes.

O método é sempre o mesmo. Ligam ou enviam mensagens através dos aplicativos de celular com o número do processo do professor, se fazendo passar por advogados do nosso departamento jurídico. Esses dados são facilmente obtidos, porque os processos são eletrônicos e qualquer pessoa pode consultá-los no site do tribunal.

Na mensagem que enviam, os golpistas afirmam que estão no Fórum, e que, para liberar o dinheiro, seria necessário retornar a mensagem ou ligar para quem a enviou. Quando o professor ou professora retorna a mensagem ou ligação, o golpe evolui, porque o larápio lhe diz que, para liberar o valor que lhe é devido, é necessário o recolhimento de uma guia judicial, e fornece um PIX para que o professor realize a transferência. Se o professor cai no golpe, o estelionatário afirma, pouco tempo depois, que é necessário o recolhimento de mais uma quantia, e fará isso repetidas vezes, até que o professor perceba que caiu em um embuste.

TOME CUIDADO, NÃO CAIA NESSE GOLPE. Se receber essa mensagem de texto, entre em contato imediatamente com o jurídico de sua subsede para receber as orientações necessárias.

 

Sindicato consegue dispensa de ponto para professores municipais de São Paulo que participaram do congresso/ conferência da APEOESP

 

Em cumprimento a Mandado de Segurança impetrado pela APEOESP, foi publicado no Diário Oficial do Município de São Paulo, em 25/12, despacho do Secretário Municipal da Educação concedendo abono de ponto aos professores e professoras daquela rede que participaram do XXVI Congresso Estadual e da VII Conferência Estadual da Educação da APEOESP, realizados no mês de fevereiro de 2020.

 

 

Fonte: APEOESP (Informa Urgente 150/2021)

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.