Conecte-se conosco

Destaque

Adolescentes fazem brincadeira sobre comprar armas e matar alunos de escola em Arco-Íris

Publicado

em

Uma conversa de WhatsApp entre adolescentes que combinavam comprar uma arma e assassinar alunos de uma escola em Arco-Íris gerou pânico na cidade no último domingo (20), quando os prints das conversas começaram a repercutir nas redes sociais.

Na conversa, os adolescentes combinavam de comprar uma arma calibre 38 para matar alunos. Os dois combinavam, inclusive, sobre como fugiriam da polícia. Ainda de acordo com os prints, caso fossem encontrados, o plano era cometer suicídio.

Rapidamente a Polícia Civil identificou os jovens e os questionou sobre a intenção de crime. Os adolescentes responderam que não passava de uma brincadeira.

Mais tarde, os policiais encontraram conversas particulares entre os dois confirmando que fariam essa brincadeira de mau gosto, para assustar as pessoas.

Em nota, a Secretaria da Educação do Estado informou que assim que a escola recebeu a informação, a equipe gestora acionou a polícia local e o Conselho Tutelar. Os responsáveis pelos alunos citados também foram chamados e o boletim de ocorrência foi registrado.

A equipe gestora registrou o caso na Placon e o Gispec (Gabinete Integrado de Segurança e Proteção Escolar), composto por servidores da Educação e da Polícia Militar, que contribuem para o planejamento das estratégias de segurança em toda a rede, também foi acionado.

“Estão previstas formações pedagógicas que buscam fortalecer a convivência bem como o sentimento de pertencimento por meio das diretrizes do CONVIVA. Os psicólogos da educação seguirão acompanhando a escola. A Diretoria de Ensino e escola estão à disposição dos pais e responsáveis para esclarecimentos”, diz a nota

 

 

 

 

Fonte:  Sigamais

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.