Conecte-se conosco

APEOESP

259 cidades do estado de São Paulo decretam a suspensão das aulas presenciais em 2020

Publicado

em

Um levantamento feito pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (APEOESP), no último dia 16 de outubro, aponta que 259 municípios do estado formalizaram decretos suspendendo as aulas presenciais até o final de 2020 para as redes Municipal, Estadual e Privada.
De acordo com o levantamento, outros 21 municípios decretaram que as aulas presenciais estão suspensas com prazo determinado (poderá ser ampliado).
Além destes, há também 33 municípios que decretaram a suspensão das aulas presenciais exclusivamente para a Rede Municipal de Ensino até o final de 2020.
Por fim, sete municípios suspenderam as aulas presenciais e aguardam novas orientações do Estado.
Os demais governantes municipais do estado não se manifestaram por decretos, seguindo apenas os decretos estaduais.
Dos 259 municípios que se manifestaram contra o retorno precoce das aulas em 2020, apenas quatro são da região da Nova Alta Paulista: Osvaldo Cruz, Parapuã, Rinópolis e Tupã.

Alessandro Ferreira da Costa

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.